PLANALTO ATENDE SINDICATO COM MELHORIAS NO ALOJAMENTO EM RIO GRANDE E NA CESTA BÁSICA

Atendendo a solicitações da direção do Sindirodosul, a Planalto tomou providências em relação ao alojamento de Rio Grande, onde havia problemas de excesso de barulho, infiltração no banheiro, falta de um boxe para o chuveiro e ar-condicionado estragado.

Quarta-feira da semana passada, diretores do sindicato viajaram à cidade onde constataram que a empresa fez uma reforma no alojamento para corrigir essas falhas.

Ele tem três quartos com ar condicionado funcionando, uma cozinha com forno micro-ondas, geladeira e mesa para as refeições.

Faltam apenas alguns detalhes em um dos quartos em relação ao isolamento acústico. O delegado sindical na empresa, Paulo Roberto Machado, visitou as instalações e conferiu a reforma juntamente com os diretores do sindicato.

Cesta básica

Além disso, após uma reunião do sindicato com a direção da Planalto, em março, na capital, a empresa  concordou em aumentar a quantidade de produtos da cesta básica. O pedido da direção do Sindirodosul foi de que fossem incluídos materiais de higiene e limpeza.

Mas a empresa alega que isso não é possível devido às dificuldades de armazenamento e transporte, pois esses produtos, que contém substâncias químicas, não podem ser misturados com os alimentos, conforme as normas de segurança alimentar.

Para compensar, a Planalto acrescentou à cesta básica, que agora tem 39 itens, mais dois quilos de feijão preto, meio quilo a mais de café, extrato de tomate, meio quilo de bolacha sortida e sardinha.

A empresa também concordou em melhorar a qualidade do café da manhã, incluindo novamente os frios na primeira refeição do dia.

Alojamento em Butiá

O sindicato também apontou problemas no alojamento de Butiá, onde o ar-condicionado estava estragado e o banheiro ficava distante do prédio. Ele foi desativado pela Planalto, para a construção de outro que será mais adequado para o descanso dos trabalhadores.

Rodoviário, conte sempre com o sindicato, qualquer dificuldade faça contato conosco, estamos sempre atentos às condições de trabalho dos rodoviários.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Copyright © 2017. Todos direitos reservados. Desenvolvido por