SINDICATO COBRA ESCLARECIMENTOS DE DENÚNCIAS À MG TERCEIRIZAÇÃO

O Sindirodosul continua exercendo firme fiscalização nas empresas para que sejam respeitadas as leis trabalhistas e os acordos e convenção de trabalho firmados com o setor patronal.

Terça-feira  (14), diretores compareceram na empresa MG Terceirização de Serviços, em Porto Alegre, devido a denúncias anônimas de motoristas de que a empresa não estaria cumprindo normas da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

A principal reclamação desses trabalhadores diz respeito ao valor dos salários, que estaria sendo pago abaixo do salário-base da categoria.

Os dirigentes do Sindirodosul entregaram ofício encaminhado à direção da MG, observando que o descumprimento da convenção assinada com o Sindicato de Locação de Veículos (Sindielv), acarreta prejuízos aos trabalhadores.

Neste sentido, o documento observa que o sindicato está no seu direito e dever de fiscalizar o correto cumprimento das obrigações trabalhistas. Ao mesmo tempo, pede que a empresa se manifeste num prazo de dez dias quanto às denúncias.

Do contrário, o Sindirodosul deverá ajuizar ação na Justiça Trabalhista e comunicar os fatos ao Ministério Público do Trabalho e Ministério do Trabalho e Emprego.

Mas o sindicato espera que  isso a empresa esclareça devidamente o que está acontecendo e tome providências para corrigir eventuais irregularidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Copyright © 2017. Todos direitos reservados. Desenvolvido por