SINDIRODOSUL APOIA MOTORISTAS DA JPTE QUE TRABALHAM NA PETROBRAS

O presidente do Sindirodosul, Irineu Miritz Silva, e o assessor da direção, José Ivori, foram à Tramandaí, na manhã de quinta-feira (08), onde tiveram reunião com os fiscais do contrato da Petrobras com a JPTE Engenharia e os motoristas da empresa que trabalham na estatal. Eles têm  uma pauta de reivindicações que apresentaram à empresa, com o apoio do Sindirodosul.

Os motoristas reclamam dos atrasos do vale-alimentação e querem que a JPTE pague em dia, querem o reembolso das despesas de viagens, a ampliação do intervalo de descanso de uma hora para duas horas e também a recarga dos aparelhos celulares, para contato com empresa quando estiverem em viagem. Além disso, ainda não tinham recebido o salário do mês.

Um dia antes, quarta-feira, aconteceu outra reunião com os motoristas que trabalham na Refap, de Canoas. No total, são 20 motoristas da JPTE prestando serviço para a Petrobras. Há outros em Joinville, na mesma situação, que chegaram a anunciar uma paralisação para terça-feira, mas que depois foi suspensa.

No encontro com os fiscais da Petrobras, em Tramandaí, estes disseram que estão fiscalizando a JPTE e que ela será punida, caso não solucione essas pendências. Pela tarde, o presidente Irineu recebeu a informação de que, finalmente, os motoristas haviam recebido seus salários.

Irineu também assinou e encaminhou ofício, elaborado pela assessoria jurídica, onde solicita que a empresa coloque em dia os pagamentos e atenda às solicitações dos funcionários. Do contrário, será feita denúncia aos órgãos competentes, como o Ministério do Trabalho, além do ajuizamento de processo judicial para defesa dos direitos dos trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Copyright © 2017. Todos direitos reservados. Desenvolvido por