ACORDO ENTRE SINDIRODOSUL E FREDERES DEFINE PAGAMENTO DE DIÁRIAS DEVIDAS A MOTORISTAS E COBRADORES

Um acordo firmado entre o Sindirodosul e a Expresso Frederes Viagens e Turismo possibilitará o pagamento de R$ 210 mil, no total, para motoristas e cobradores da empresa. A quantia refere-se à quitação de diárias não pagas ou  que foram pagas com valor menor do que o devido aos trabalhadores.

O dinheiro das diárias será pago em 16 parcelas mensais, com o primeiro vencimento em janeiro de 2021. Em caso de descumprimento do ajustado, a empregadora deverá arcar com valor equivalente a 20% do saldo devedor, a título de multa.

Esse ajuste foi intermediado pelo Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Resolução de Disputas do 1º grau (Cejusc-JT 1º grau), do Foro Trabalhista de Porto Alegre. A audiência foi realizada por meio de videoconferência, dia primeiro de setembro, com supervisão da juíza Maria Cristina Santos Perez, coordenadora do Cejusc, e com a atuação do servidor conciliador Alexandre Bernardes Cardoso.

Representaram o Sindirodosul o presidente, Irineu Miritz Silva, e o advogado Maurício Vieira da Silva, da assessoria jurídica.

Pelo acordo, a empresa também se comprometeu a regularizar o cumprimento de cláusulas de convenções coletivas que tratam do pagamento de diárias para compra de café, almoço e janta aos empregados em serviço, independentemente do local em que estejam atuando, além de também cumprir a norma que estabelece o fornecimento de uniformes aos trabalhadores.

A Frederes assumiu ainda o compromisso de não atrasar mais os pagamentos de décimos terceiros, e de não coagir empregados a assinarem documentos do contrato de trabalho que não sejam fiéis à realidade, como registros de ponto.

Fonte: Juliano Machado (Secom/TRT-RS).
Foto: Igor Vershinsky, banco de imagens Istock.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Copyright © 2020. Todos direitos reservados. Desenvolvido por