VEJA TODA A VERDADE SOBRE AS FALCATRUAS DO ESPÍNDOLA, MOACIR E ZÉ PREFEITO NO SINDICATO

Durante os dez anos em que mandaram e desmandaram no Sindirodosul, Francisco Espíndola, Moacir Anger e José Antônio da Silva (Zé Prefeito) cometeram todo tipo de falcatruas e maracutaias que se possa imaginar.

Eles desviaram MUITO dinheiro do sindicato, se apropriaram de bens da entidade, venderam o que não era deles e fizeram várias negociatas, sempre levando vantagem pessoal. Praticamente faliram o sindicato.

Até que, em 2016, foram mandados embora da entidade por uma medida liminar. Ano passado, uma sentença da Justiça do Trabalho confirmou a liminar, afastando de vez do Sindirodosul o Moacir, que era o presidente, e os dois comparsas.

Veja agora toda a verdade, com detalhes, dessa história vergonhosa.

 > Sentença: leia a sentença da juíza que botou  os três pra fora do sindicato
Clique aqui

> Auditoria: relatório completo da auditoria que revelou as falcatruas
Clique aqui

 > Informativo: boletim do sindicato que divulgou o escândalo
Clique aqui

Resumo da história:

> Moacir recebia dinheiro das empresas direto na sua conta pessoal.

> Ele mesmo confessou à juiza que as contribuições dos rodoviários ao sindicato iam para a conta bancária dele!

> Moacir fez pagamentos do Sindirodosul para Mariane de Oliveira Barcelos, com quem mantinha união estável, mas ela não trabalhava para o sindicato.

> A juíza aponta que até mesmo a pensão da ex-mulher dele, Anelise Dutra, foi paga com dinheiro do sindicato.

> Espíndola renunciou ao cargo de presidente em 2011 mas continuou assinando os cheques do sindicato (não se sabe onde foi parar todo o dinheiro)

> Espíndola usou dinheiro do sindicato para financiar a campanha eleitoral dele para deputado federal em 2010.

> Espíndola fez pagamentos do Sindirodosul para a própria filha, Taíse, em 2009 e 2010, como se fosse funcionária, mas ela não tinha vínculo nenhum com o sindicato.

> R$ 3 milhões que aparecem como saldo no último balancete da direção do Moacir, Espíndola e Zé Prefeito simplesmente sumiram, esse dinheiro não foi encontrado em nenhuma conta do Sindirodosul.

> Espíndola, Moacir e Zé Prefeito compraram apartamentos em Tramandaí, num condomínio na frente da Petrobras, com dinheiro do Sindirodosul.

> A Pousada foi comprada e paga pelo Sindirodosul mais de uma vez na gestão do Espíndola, com superfaturamento, envolvendo pessoas das suas relações no negócio.

> Eles tomaram vários empréstimos ilegais para o Sindirodosul com pessoas das suas relações, pagando juros abusivos (lucraram muito com isso).

> O Sindirodosul pagava contas do Sindirodomun, de Cachoeirinha, pois  Zé Prefeito era (ilegalmente) tesoureiro do Sindirodosul e presidente do Sindirodomun ao mesmo tempo.

> Ficaram com vários bens comprados pelo sindicato, desde colchões, refrigerador, camas, notebook, celulares caríssimos, televisores, etc.

Somente nas Lojas Colombo gastaram mais de R$ 20 mil em compras para eles mesmos pagas pelo sindicato.

> Os advogados da  assessoria jurídica na gestão deles processaram o sindicato, mas continuaram trabalhando para o sindicato mesmo assim, um absurdo!

> Carros do sindicato foram levados a leilão como se não pudessem mais rodar, mas estavam em perfeitas condições e foram arrematados a preço de banana pelo Espíndola e familiares.

Algumas provas do processo:

 

Documento da renúncia do Espíndola do cargo de presidente, em 09/08/2011

Documento da renúncia do Espíndola do cargo de presidente em 09 de agosto de 2011.

 

Cheque de 100 mil assinado pelo Espíndola em 16 de janeiro de 2012, quando não era mais presidente.
E onde foi parar esse dinheiro?
ESTE É SÓ UM, TEM MUITO MAIS CHEQUES NO PROCESSO PARA ELE EXPLICAR!


Cheque de R$ 14.200 do sindicato que o Espíndola usou na campanha dele para deputado em 2010 (assinou e doou para ele mesmo)

Depósito de uma empresa de ônibus na conta particular do Moacir,
no valor de R$ 9.066,23

 

Moacir pagando pensão alimentícia com dinheiro da conta bancária do sindicato

 


Condomínio em Tramandaí onde os três compraram apartamento com dinheiro do sindicato

Mais detalhes nos  links abaixo:

> Veja as fraudes e desvios que a auditoria apontou nas gestões de Moacir, Espíndola e Zé Prefeito

Atenção: Moacir recebia dinheiro das empresas direto na sua conta pessoal

O escândalo dos cheques: vejam como o Espíndola fez a farra com dinheiro do sindicato

Espíndola, Moacir e Zé Prefeito compraram apartamentos na praia com dinheiro do sindicato

>Clique aqui para ler o Informativo com todas as falcatruas do Espíndola, Moacir e Zé Prefeito

E ELES AINDA ANDAM DIZENDO QUE VÃO VOLTAR PRO SINDICATO, VOCÊS ACREDITAM NISSO? É MUITA CARA DE PAU!

MOACIR, EXPLICA AÍ POR QUE PAGAVA SALÁRIO DE FUNCIONÁRIA DO SINDICATO PARA A TUA COMPANHEIRA?

E ESSES DEPÓSITOS DAS EMPRESAS NA TUA CONTA, MOACIR, FORAM EM TROCA DO QUÊ? CONTA!

TU AINDA PENSA EM CONCORRER, ESPÍNDOLA, DEPOIS DE TUDO QUE FEZ? CADÊ A VERGONHA?

CADÊ TODOS AQUELES CHEQUES ESPÍNDOLA? ONDE FOI PARAR TODO DINHEIRO QUE SUMIU NA TUA GESTÃO?

AMIGO RODOVIÁRIO, SABENDO DE TODAS ESSAS FALCATRUAS, ELES TERIAM O TEU VOTO?
DEPOIS DE TUDO ISSO, QUEM AINDA VOTARIA NELES?

PARA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE TUDO ISSO E MUITO MAIS, PROCURE O SINDICATO!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Copyright © 2020. Todos direitos reservados. Desenvolvido por